Fundação Calouste Gulbenkian financia projeto de docentes da UFP

“Saúde em cadeia: programa de promoção da literacia em saúde entre pares em contexto penitenciário” é o nome do projeto de Isabel Silva e Glória Jólluskin, docentes da Universidade Fernando Pessoa, que vai ser financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian.

O projeto foi apresentado no âmbito do Concurso Literacia em Saúde 2013 e tem como objetivos: melhorar a comunicação entre os profissionais de saúde e os utentes dos serviços em contexto penitenciário; promover a literacia em saúde entre os reclusos; e desenvolver competências de educação para a saúde nos professores, capacitando-os para incrementar o nível de literacia em saúde dos reclusos.

Foram apresentadas 276 candidaturas e selecionadas seis. A Fundação Ensino e Cultura Fernando Pessoa foi a única instituição privada a ter um projeto aprovado.