Avaliação da satisfação profissional dos profissionais de saúde nos cuidados de saúde primários

O objetivo deste projeto foi o de explorar o grau de satisfação dos profissionais que trabalham em unidades de cuidados de saúde primários, face às mudanças no sistema organizacional implementadas pelo processo de reorganização dos centros de saúde em Agrupamento de Centro de Saúde – ACES.

A investigação referente à satisfação no trabalho dos profissionais da saúde tem-se intensificado nos últimos anos. A Lei de bases da saúde (nº 48/90, de 24 de agosto) com alterações introduzidas pela Lei nº 27/2007 de 8 de novembro, no que se refere aos profissionais de cuidados de saúde primário, menciona que deverá existir uma avaliação permanente do grau de satisfação dos profissionais.

Neste sentido, foi aplicado um inquérito a 246 profissionais das unidades de cuidados da saúde primários do ACES do Norte. A satisfação no trabalho foi avaliada através das escalas de satisfação do Instrumento de Avaliação da Satisfação Profissional – IASP. Como era esperado, considerando as teorias referenciadas neste estudo, obteve-se relações significativas na satisfação profissional entre as unidades do ACES, sendo a USF Modelo B a apresentar resultados mais positivos. Observou-se ainda diferenças significativas na satisfação em função da antiguidade, carreira/profissão e tipo de vínculo. Os resultados revelaram um nível de satisfação médio, evidenciando algumas lacunas que conduziram a propostas de intervenção e melhoria no domínio da promoção da saúde e do bem-estar destes profissionais de saúde.

Participantes da UFP:

Projeto apoiado por:

  • ACES Gondomar
  • Fundação Ensino e Cultura Fernando Pessoa