Saúde em cadeia: programa de promoção da literacia em saúde entre pares em contexto penitenciário

O programa “Saúde em Cadeia” propõe-se dinamizar um projecto de promoção da literacia em saúde para a população em situação de reclusão realizado pelos seus pares, incidindo ainda na promoção de mensagens de saúde de uma forma eficaz por parte dos técnicos de saúde e professores que trabalham nos estabelecimentos prisionais.

Os objetivos deste programa são:

  • Melhorar a comunicação de saúde entre os profissionais de saúde e os utentes dos serviços em contexto penitenciário
  • Promover a literacia em saúde entre os reclusos
  • Promover competências de educação para a saúde nos professores, capacitando-os para incrementar o nível de literacia em saúde dos reclusos

Participantes da UFP:

Outras instituições colaborantes:

  • Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais
  • Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo

Entidade proponente:

  • Fundação Ensino e Cultura Fernando Pessoa

Projeto apoiado por:

  • Fundação Calouste Gulbenkian (referência P-131849)