Deteção do cancro de próstata: estudo metabolómico baseado no perfil de compostos voláteis

O objetivo principal foi desenvolver uma abordagem metabolómica focada na identificação de biomarcadores urinários adequados ao diagnóstico precoce do cancro de próstata (CaP). Para tal, o perfil de compostos voláteis (compostos orgânicos voláteis (VOCs) e compostos carbonílicos voláteis (VCCs)) em urinas de doentes com CaP foi obtido por cromatografia gasosa acoplada a espetrometria de massa (GC-MS) combinada com análise estatística multivariada.

Os resultados revelaram um painel de 10 biomarcadores voláteis significativamente alterados em amostras de urina de doentes com CaP que tem o potencial de ser usado como uma ferramenta diagnóstica não invasiva precisa para esta doença.

Participante da UFP:

Profª. Doutora Márcia Carvalho

Entidade proponente:

Outras entidades envolvidas no projeto:

  • UCIBIO/REQUIMTE, Departamento de Ciências Biológicas, Laboratório de Toxicologia Laboratório de Toxicologia, Faculdade de Farmácia, Universidade do Porto, Portugal
  • Grupo de Epigenética e Biologia do Cancro, Centro de Investigação do Instituto Português de Oncologia do Porto (IPO Porto), Porto, Portugal

Projeto apoiado por:

  • Fundação para a Ciência e a Tecnologia (referência UID/MULTI/04546/2019)