TOXAMPH – Mecanismos de toxicidade de análogos anfetamínicos em órgãos-alvo

O objetivo principal deste projeto é investigar o potencial de toxicidade e os mecanismos de ação das β-ceto anfetaminas, que são o segundo tipo de droga mais usado no mundo depois da cannabis. Foram já descritos vários efeitos adversos associados ao consumo destas substâncias, incluindo lesões renais, sendo que os mecanismos subjacentes a essa nefrotoxicidade não estão ainda esclarecidos. Pretendeu-se neste estudo avaliar os potenciais efeitos nefrotóxicos de quatro derivados de catinona comummente consumidos usando como modelo in vitro a ​linha celular de rim humano HK-2.

Os resultados deste estudo permitiram gerar novo conhecimento sobre a toxicidade destas novas drogas recreativas, evidenciando o rim como um órgão alvo. Os mecanismos celulares subjacentes à nefrotoxicidade induzida por β-ceto anfetaminas envolvem a indução de stresse oxidativo, recrutamento de autofagia e ativação da morte celular por apoptose.

Participantes da UFP:

Profª Doutora Márcia Carvalho (Investigador Responsável)

Profª Doutora Anabela Castro

Entidade proponente:

Outras entidades envolvidas no projeto:

  • UCIBIO/REQUIMTE, Departamento de Ciências Biológicas, Laboratório de Toxicologia Laboratório de Toxicologia, Faculdade de Farmácia, Universidade do Porto, Portugal

Projeto apoiado por:

Fundação para a Ciência e a Tecnologia (referência UID/MULTI/04546/2019)